(31) 2512-3329 | 2511-8836

IBGE lança Banco de Informações Ambientais do instituto

O mapeamento dos recursos naturais produzido pelo IBGE nos últimos 20 anos está agora reunido em uma única plataforma, o Banco de Informações Ambientais (BDiA). O banco também inclui a base de dados do projeto RADAMBRASIL, que fez o levantamento ambiental do país nas décadas de 1970 e 1980. A ferramenta permite a visualização e consulta de dados e mapas sobre vegetação, pedologia (solos), geologia e geomorfologia.

 

Com informações a nível municipal, estadual e nacional, o BDiA possui três níveis de visualização de legendas, sendo o primeiro mais simples e o segundo e terceiro níveis com mais características sobre os temas. O portal apresenta ainda um dicionário de conceitos, para que o usuário possa conhecer e entender as legendas utilizadas na interpretação de cada tema.

 

De acordo com Therence Sarti, coordenador substituto de Recursos Naturais do IBGE, o que difere o BDiA de outros portais de informações ambientais é o fato de ele ser homogêneo. “Ou seja, traz todos os temas em escala de 1:250.000, enquanto o de outras instituições oferece informações específicas da sua área de atuação e em escalas diferentes”, explicou.

 

Marta Franco, gerente de Tratamento e Organização de Dados do IBGE, destaca ainda a facilidade que o banco proporciona. “Anteriormente, a pessoa precisava acessar o portal do IBGE, baixar os dados e trabalhar com um sistema de informação geográfica que permitisse a visualização dos dados, como por exemplo o Q-Gis, e isso limita um pouco o uso. Com a plataforma, qualquer pessoa pode navegar sem conhecimento extra”, disse.

 

O portal BDiA foi construído por uma equipe multidisciplinar com amplo conhecimento nas áreas de informática e geociências. As informações serão atualizadas a cada dois anos e novas funcionalidades serão constantemente implementadas. “O interesse é que a sociedade possa conhecer um pouco mais dos recursos naturais do país”, afirmou Franco.

 

Fonte: AMDA

Fechar Menu