(31) 2512-3329 | 2511-8836

Estudo identifica melhoria na qualidade das águas na Bacia do Rio das Velhas frente aos empreendimentos do setor industrial

A Bacia do Velhas é caracterizada pelo grande número de indústrias nela instaladas. Devido a esse fato, a qualidade das águas da bacia é influenciada pelas atividades realizadas por essas instalações.

A partir do estudo que avalia as águas do Rio das Velhas, é possível analisar os possíveis impactos dos empreendimentos do setor da indústria e mineração na qualidade das águas da Bacia do Rio das Velhas. Como base para a avaliação da qualidade das águas, foram utilizados dados resultantes de pesquisas do Projeto “Águas de Minas”, desenvolvido pelo Igam, entre os anos de 1997 a 2016.

Os resultados confirmaram os avanços na qualidade das águas que receberam ações do setor-industrial, fiscalização governamental e da própria sociedade. Vale destacar a interferência significativa do Programa Minas Sustentável realizado pela FIEMG, combinado com ações de gestão e fiscalização.

Todos esses fatores resultaram na melhoria da performance ambiental do setor industrial e, consequentemente, na melhoria da qualidade das águas. No entanto, é notável a existência de oportunidades de melhorias, relacionadas ao tratamento de esgoto, aos índices de arsênio, cianeto livre e nitrogênio amoniacal e o reforço de conscientização, por meio de programas como o Minas Sustentável, nas empresas com potencial de contaminação.

Fonte: FIEMG

Fechar Menu